Criança desaparece após cair em bueiro que leva ao igarapé na zona norte

Os bombeiros estão realizando as buscas com o apoio da população.Foto: Asafe Augusto

Manaus – Gustavo da Silva Araújo, de 6 anos, caiu em um bueiro, na tarde deste domingo (23), na rua Louro Chumbo, bairro Monte das Oliveiras, zona norte de Manaus, durante a chuva, e está desaparecida. O Corpo de Bombeiros informou que foi acionado por volta das 15h, e realizou buscas no local e nas adjacências. Os trabalhos foram encerrados por volta das 20h, deste domingo, e devem ser retomados às 7h desta segunda (24).

Segundo populares, a criança estava jogando futebol, próximo ao local, quando a bola caiu no bueiro. Ainda de acordo com relatos dos moradores, o menino foi pegar a bola e escorregou, em seguida, o corpo desapareceu.

O capitão Andrey Barbosa, do Corpo de Bombeiros, informou que um senhor ainda tentou segurar o menino, mas não obteve êxito. Segundo o capitão, a corporação está realizando as buscas com o apoio da população. “Temos 4 viaturas ajudando, com as guarnições completas. As equipes já desceram o Igarapé do Passarinho, passaram pela Torquato Tapajós e ainda não encontraram nada” disse.

 

Criança caiu no bueiro na tarde deste domingo (23), na rua Louro Chumbo, bairro Monte das Oliveiras, zona norte de Manaus. Foto: Asafe Augusto

A avó da criança, Tereza Amancio da Silva, disse à equipe do Portal D24AM que o menino estava brincando com os primos quando caiu no bueiro. Ela também informou que o tio da criança e um senhor, que estava passando pelo local, ainda tentaram resgatá-lo mas, por conta da chuva, o menino desapareceu.

Ainda segundo o capitão, as equipes de buscas percorreram cerca de 6 km, a partir do igarapé onde a criança sumiu. “Vamos repassar por onde já passamos e avançar cada vez mais, até a entrada do rio Tarumã, que é onde o igarapé deságua”, informou.

A Prefeitura de Manaus informou, por meio de nota, após tomar conhecimento do caso, técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) se dirigiram ao local para realizarem uma vistoria em toda a extensão da tubulação da rede de drenagem existente na área. A nota também informa que, além da Seminf, que permanecerá no local com suas equipes, também atuam assistentes sociais da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh) para o suporte necessário à família.

 

A criança, de 6 anos, estava brincando com os primos quando caiu no bueiro. Foto: Asafe Augusto

Matéria do D24

ver mais notícias