Comissões discutem possível aumento na tarifa de transporte coletivo

A comissão de defesa do consumidor da câmara municipal de Manaus e comissão de transporte da câmara, reuniram na tarde desta quarta feira (13), na sala especial das comissões da câmara, para discutir o aumento previsto na tarifa do transporte coletivo de Manaus. Estiveram na reunião os representantes das empresas de transporte coletivo, e os representantes: da SMTU Pedro Carvalho, e SINETRAN, Dr. Carmine Furlleti. Segundo o Dr. Carmine.

O subsídio que é repassado às empresas, não é para benefício das mesmas e sim exclusivo para benefício do passageiro. Furlleti disse ainda que as empresas que hoje atuam no sistema de transporte de Manaus estão operando no vermelho, sem nenhum lucro. Já o vereador Waldemir José, acredita que as empresas não estão oferecendo um serviço de  qualidade para os usuários e não bate com a realidade do dia a dia. Portanto segundo ele, é injusto o aumento na tarifa. De acordo com o presidente da SMTU Pedro Carvalho, enquanto o poder público não adotar medidas e não investir em infraestrutura no sistema de transporte, nada será resolvido. E segundo ele, esse não é um problema exclusivo de Manaus. O problema é em todo o sistema de transporte do Brasil.

Já para o vereador Álvaro Campelo, presidente da COMDEC, esse custo que é repassado paro o bolso do consumidor, é absurdo.


Fonte: Josué Rodrigues

ver mais notícias