Assalto com reféns em estação de ônibus na zona leste de Manaus

Doze funcionários da empresa Expresso Coroado foram mantidos reféns, durante um assalto, na manhã desta segunda-feira (31), em uma das estações de ônibus da empresa, no bairro Coroado, zona leste da capital. O administrador de linha, Raimundo Ferreira, 62, relatou que este foi o quarto assalto no local, em menos dois meses.

O assalto aconteceu na estação das linhas 001, 002 e 515. Segundo Raimundo, o assaltante chegou ao local armado com uma pistola e anunciou o assalto. Ele colocou a arma na cabeça de uma cobradora e exigiu a renda do dia, segundo o funcionário.

Foto: Jucélio Paiva
Foto: Jucélio Paiva

“Os trabalhares do ônibus já tinham feito duas viagens, então o ladrão levou uns R$ 200, além de três celulares”, disse, acrescentando que dois motoristas ainda foram agredidos com coronhadas na cabeça.

De acordo com Raimundo Ferreira, o assalto foi rápido e os funcionários, que foram mantidos reféns, não chegaram a acionar a Polícia Militar.

Ainda segundo o funcionário, este foi o quarto assalto na estação de ônibus em menos de dois meses. “A polícia nem adianta chamar. Porque os bandidos chegam, agridem, levam tudo e fogem rapidamente”, reclamou.

No 11º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o caso ainda não tinha sido registrado até a publicação desta matéria.

ver mais notícias