Arthur avalia que empréstimo vai aliviar dependência de aluguel e modernizar instalações para a Educação

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, comemorou, nesta quarta-feira, 17/5, a autorização de empréstimos aprovada pelo Senado Federal, nesta tarde. O crédito, de US$ 52 milhões – aproximadamente R$ 150 milhões – será contraído junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento para a execução do Projeto de Expansão e Melhoria Educacional da rede pública municipal, para abertura de creches e escolas públicas. A autorização de empréstimo já havia sido aprovada na terça-feira, 16/5, pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e teve unanimidade de votos no plenário.

“Os recursos são fruto de um anseio municipal antigo com propósito de diminuir a dependência dos alugueis e da herança dos prédios antigos e não adaptados às modernas exigências pedagógicas do ensino atual”, afirmou o prefeito Arthur Neto, que esperou pela autorização por quase 3 anos. “Os recursos serão aplicados na construção de 29 escolas, entre ensino fundamental (11 unidades), educação infantil (11) e creches (7), a partir de novos modelos que significarão um passo à frente no processo de reestruturação da parte física da educação municipal”, disse Arthur.  

O prefeito destacou que, em Manaus, no que se refere ao plano pedagógico, vários avanços foram registrados como a melhoria da qualidade da educação – na sua gestão, saiu do fim da fila no IDEB, exame bianual promovido pelo MEC, para integrar a elite em aproveitamento, do ensino público brasileiro -; implantação de sistema eficaz de gestão, monitoramento e avaliação. “E, desde antes da concessão do empréstimo, todo um trabalho de administração e planejamento visando à melhor aplicação desse recurso internacional”, avaliou. ⁠⁠⁠⁠

O financiamento possibilitará a abertura de 6,5 mil novas vagas para a pré-escola e 1,2 mil vagas em creches. 

ver mais notícias