CM7

     
 
 
Manaus, 18 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Brasil / Waldir Maranhão: sessões de terça e quarta na Câmara não terão ‘efeito administrativo’

Waldir Maranhão: sessões de terça e quarta na Câmara não terão ‘efeito administrativo’

Da redação | 26/06/2016 18:10

BRASÍLIA – Horas depois de cancelar parcialmente o recesso que deixaria os deputados de férias na semana que vem, o presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), mandou um e-mail aos colegas, na manhã deste domingo, convocando sessões para terça e quarta-feira, — não mais para segunda e terça, como tinha dito ontem —, mas garantindo que elas não terão “efeito administrativo”. O termo é uma senha para garantir que não descontará o salário dos deputados faltosos.

Por causa dos festejos juninos, Maranhão tinha liberado os parlamentares na próxima semana, pressionado pela bancada do Nordeste, como fez nesta semana, mas voltou atrás depois da repercussão negativa da decisão entre os deputados e ministros do governo interino de Michel Temer (PMDB-SP).

Primeiro secretário da Câmara, o deputado Beto Mansur (PRB-SP) criticou os recuos do presidente interino e disse que, diante de mais uma decisão intempestiva de Maranhão, será difícil conseguir quórum para votar matérias importantes para o governo interino, como o projeto que trata da gestão dos fundos de pensão.

— Ele mandou a carta hoje recuando do recuo, marca sessão mas usa o termo ‘sem efeito administrativo’. É uma senha para que, se você faltar à sessão, não será descontado. Ou seja, não vai ninguém, e assim vai ser difícil votar qualquer coisa. Como vamos discutir o projeto dos fundos de pensão, que é polêmico, sem a presença da base? — criticou Mansur, um dos candidatos à sucessão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ):

— É mais um desgaste desnecessário para a Casa, temos um presidente em exercício que vai para frente e para trás. Mexer com 513 vidas é muito complicado, ter que ter uma previsibilidade para as pessoas se planejarem — completou.

No e-mail, enviado às 11h13 de hoje a todos os deputados, Maranhão escreve que “haverá sessões deliberativas ordinárias, sem efeito administrativo, nos dias 28 e 29 de junho, às 14 horas”.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA