Votação em plenário do pedido de afastamento da presidente pode acontecer no final desta semana

São Paulo – Desde dezembro do ano passado, a presidente Dilma Rousseff convive com a possibilidade de seu segundo mandato terminar antes do tempo. Nesta segunda-feira (11), o processo contra a presidente deve ganhar um novo capítulo com a votação do relatório final na comissão que analisa o impeachment na Câmara.

Na última quarta-feira, Jovair Arantes (PTB-GO), relator do processo, apresentouparecer favorável ao afastamento de Dilma. Nesta etapa, os membros da comissão só avaliam se o pedido de impeachment tem condições ou não de ser instaurado.

Se aprovado pela maioria dos membros da comissão, o pedido será enviado ao plenário da Casa. Por lá, é preciso que, no mínimo, 342 dos 513 deputados votem favoravelmente para que a abertura do processo de afastamento da presidente seja autorizada.

Caso seja, o pedido é encaminhado ao Senado, que decide se irá acolhê-lo e, possivelmente, julgá-lo.

ver mais notícias