Vice-líder do governo na Câmara diz ter ‘nojo’ de Temer

BRASÍLIA – O vice-líder do governo na Câmara, deputado Sílvio Costa (PTdoB-PE), fez um discurso emocionando em defesa da presidente Dilma Rousseff durante a sessão da Casa que debate o processo de impeachment: cantou parte do jingle de campanha da petista – “Dilma, coração valente” e disse ter “nojo” do vice-presidente Michel Temer.

– É o julgamento mais injusto da História do Brasil. A presidente Dilma, quando tinha 18 anos, ela foi torturada, gritou nos porões da ditadura, não delatou ninguém e aguentou firme. É o segundo momento de tortura que parte da elite brasileira está fazendo com a presidente Dilma. Só lamento que o Eduardo Cunha não esteja aqui, porque queria falar na frente dele. Esse julgamento é fruto do ódio. E estou com nojo dele (Michel Temer). Não tenho outra palavra a não ser nojo – disse Sílvio Costa.

Ao descer da tribuna, ele foi aplaudido pelos deputados do PT que estavam em plenário, que gritaram em seguida: “Não vai ter golpe!”.

O deputado Cabo Daciolo (PT do B-RJ), que já declarou voto a favor do impeachment, fez um discurso com conteúdo religioso. Conclamou os políticos a colocarem Deus em primeiro lugar e concluiu sua fala rezando um Pai-Nosso.

ver mais notícias