Tribunal blinda juíza que decidirá se aceita denúncia do MP contra Lula

SÃO PAULO – Dois dias após o Ministério Público oferecer denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pedir sua prisão preventiva, o Tribunal de Justiça blindou a juíza Maria Priscilla Veiga Oliveira. Ela será a responsável por decidir se aceita ou não os pedidos feitos pelo MP.

Dentro do Fórum Criminal da Barra Funda, na Zona Oeste de São Paulo, o acesso à Rua 1, corredor onde fica a 4º Vara Criminal, foi interditado nesta sexta-feira. Segundo funcionários, o local foi fechado para dar tranquilidade para a juíza Maria Priscilla trabalhar.

Advogados que têm processos na 4º Vara e precisam despachar com a juíza estão sendo atendidos. O acesso é feito pela Rua 2. Porém, antes, precisam se identificar a policiais militares.

O Tribunal de Justiça de São Paulo confirmou a “blindagem”. Dois advogados ouvidos pelo GLOBO disseram que foram atendidos normalmente pela juíza.

ver mais notícias