TRF suspende liminar e autoriza ministro da Justiça a permanecer no cargo

BRASÍLIA – O presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, desembargador Cândido Ribeiro, suspendeu nesta quarta-feira liminar da primeira instância da Justiça Federal do Distrito Federal que anulou a nomeação de Eugênio Aragão no cargo de ministro da Justiça. Agora, Aragão poderá voltar a exercer o cargo.

ver mais notícias