Tríplex é ‘sacanagem homérica’, diz Lula em depoimento

CURITIBA. O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva disse que a investigação sobre a compra do tríplex do Guarujá é uma “sacanagem homérica” inventada pela Polícia Federal e pela imprensa. O petista se mostrou bastante irritado com as perguntas sobre a obra e desabafou:

– Eu acho que eu estou participando do caso mais complicado da história jurídica do Brasil, porque tenho um apartamento que não é meu, eu não paguei, estou querendo receber o dinheiro que eu paguei, um procurador disse que é meu, a revista Veja diz que é meu, a Folha diz que é meu. A Polícia Federal inventa a história do triplex que foi uma sacanagem homérica, inventa história de triplex, inventa a história de uma offshore do Panamá que veio pra cá, que tinha vendido o prédio, toda uma história pra tentar me ligar à Lava Jato, toda uma história pra me ligar à Lava Jato, porque foi essa a história do triplex – disse no depoimento prestado à Polícia Federal na Operação Lava-Jato, quando foi levado a depor coercitivamente no Aeroporto de Congonhas.

O petista admitiu ter ido visitar o apartamento com o empresário Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, acusado de ter pago reformas na cobertura do Guarujá e no sítio de Atibaia em benefício de Lula. Na visita, o ex-presidente disse que o empreiteiro comparou o imóvel há uma casa construída no programa “Minha Casa, Minha Vida”:

– Quando eu fui a primeira vez, eu disse ao Léo que o prédio era inadequado porque além de ser pequeno, um triplex de 215 metros é um triplex “Minha Casa, Minha Vida”, era pequeno.

ver mais notícias