"Ter dois chefes de estado é um fator de profunda insegurança para o país”, diz Moreira Franco

RIO – O secretário de executivo do Programa de Parcerias de Investimentos da república, Moreira Franco, afirmou nesta segunda-feira que ter dois chefes de estado, como acontece atualmente no Brasil, gera insegurança. Ele defendeu o encerramento mais rápido do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

“Ter dois chefes de estado é um fator de profunda insegurança para o país. Só há dois lugares no mundo que tem dois chefes de estado: o Brasil e o Vaticano. A diferença é que no Vaticano os dois rezam juntos, aqui não”, disse.

Moreira Franco esteve no Rio para participar do evento “Segurança jurídica e governança na contratação de obras públicas”, promovido pela Fundação Getúlio Vargas.

ver mais notícias