Teori envia caso de mulher e filha de Cunha para Sérgio Moro

BRASÍLIA — O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, decidiu nesta terça-feira desmembrar o inquérito contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e enviou para a primeira instância as acusações contra a esposa dele, a jornalista Cláudia Cruz, e a filha Danielle. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, tinha feito o pedido para manter no STF apenas a acusação contra o parlamentar.

A decisão de Teori fará com que o caso seja remetido para a 13ª Vara Federal de Curitiba, comandada pelo juiz Sérgio Moro. Eduardo Cunha já tinha manifestado a aliados temor por uma decisão do ministro nesse sentido.

Cláudia era beneficiária de uma das contas mantidas na Suíça pelo parlamentar. Danielle, por sua vez, tinha um cartão de crédito vinculado a uma das contas. Ambas fizeram gastos milionários em viagens internacionais com recursos depositados naquele país.

ver mais notícias