Suzane von Richthofen pode comemorar Páscoa fora do presídio

SÃO PAULO – Suzane von Richthofen, presa pela morte dos pais em 2002, pode deixar o presídio de Tremembé para celebrar a Páscoa. Condenada a 38 anos e seis meses de prisão, ela teve sua saída temporária do feriado cristão antecipada, concedida pela juíza Sueli Zeraik, da vara criminal de Taubaté, a mesma que concedeu o regime semiaberto à presa, no último ano.

Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo, Suzane já pode usufruir do benefício nesta sexta. A secretaria de Administração Penitenciária, porém, não confirma se a presa já saiu de Tremembé, por questões de segurança.

Suzane, que já cumpriu 13 anos da pena, planejou e executou o assassinato do casal Manfred e Marísia com o então namorado Daniel Cravinhos e o irmão dele, Cristian. Eles já cumprem o regime semiaberto desde 2013.

ver mais notícias