Suzane Richthofen é selecionada para o Fies no curso de Administração

Suzane foi condenada a 39 anos de prisão por assassinar os pais. Agora, ela depende de autorização judicial para ir à faculdade presencial

Suzane Von Richthofen, que cumpre pena por ter assassinado os pais em 2002, foi selecionada para o programa de Financiamento Estudantil (Fies) do governo federal. A lista do programa foi divulgada nesta segunda-feira (13/2) pelo Ministério da Educação.

Condenada a 39 anos de prisão, ela concorreu para administração, na Faculdade Dehoniana, instituição particular e católica, em Taubaté, São Paulo. O curso é oferecido no período noturno, na modalidade presencial.
Para estudar usando o Fies, Suzane terá que obter autorização judicial. A detenta fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) dentro da prisão em Tremembé (SP) no fim de 2016. Com a nota obtida, 675,08, ela foi uma das selecionadas para ganhar o financiamento. Na época em que foi presa, a detenta era estudante de direito e não concluiu o curso.
A presa já obteve autorização para estudar fora da penitenciária, no entanto, decidiu não cursar por medo da reação dos colegas da faculdade. Na época, ela pediu para estudar à distância e não teve sucesso por falta de recursos tecnológicos. Richthofen está cumprindo a pena no regime semi-aberto desde 2015. A detenta já teve concessão de outros benefícios como a saída para passar o Dia dos Pais e Dia das Crianças em liberdade.

Com Informações Metropoles

 

ver mais notícias