Sob nova gestão, EBC cancela contrato com Sidney Rezende

BRASÍLIA – No mesmo dia em que foi sacramentada a troca da presidência da Empresa Brasil de Comunicação, com a entrada do jornalista Laerte Rimoli no lugar de Ricardo Melo na presidência da empresa, foi cancelado o contrato de Sidney Rezende. A contratação de Rezende gerou forte reação negativa entre os profissionais da EBC, que chegaram a ameaçar fazer greve, o que acabou não se concretizando. As críticas à contratação se deveu ao valor, que girava em torno de R$ 1 milhão por ano. No contrato da EBC com Rezende não havia cláusula de rescisão.

O jornalista Laerte Rimoli assume nesta sexta-feira o cargo de diretor-presidente da Empresa Brasil de Comunicação. Já a nova diretora-geral da EBC será a jornalista Christiane Samarco. A nomeação dos dois foi publicada hoje no Diário Oficial da União, depois de várias contestações da diretoria-executiva da empresa.

A alegação é que Ricardo Melo, que até o início da semana era diretor-presidente, não poderia perder o cargo pois fora nomeado para um mandato de quatro anos. Melo foi nomeado pela presidente afastada Dilma Rousseff no apagar das luzes, uma semana antes se o Senado aprovar o processo de impeachment.

ver mais notícias