CM7

     
 
 
Manaus, 18 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Brasil / Renan chega para reunião que definirá rito do impeachment no Senado

Renan chega para reunião que definirá rito do impeachment no Senado

Da redação | 19/04/2016 12:20

BRASÍLIA – O presidente do Senado, Renan Calheiros, chegou para a reunião que definirá as regras para a instalação da comissão especial do impeachment na Casa. A decisão da Câmara de autorizar a abertura do processo contra a presidente Dilma Rousseff será lida na sessão do Senado na tarde desta terça-feira.

Ao chegar, Renan foi perguntado sobre as denúncias do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró envolvendo seu nome e as chamou de “fantasia”. Em depoimento, Cerveró confirmou o pagamento de R$ 6 milhões para o presidente do Senado.

– Falo depois da reunião. Aí eu falo também sobre essa fantasia – disse Renan.

O Senado deve instalar já nesta quarta-feira a comissão especial para analisar se Dilma cometeu crime de responsabilidade ao praticar as chamadas “pedaladas fiscais”, o atraso em repasses de programas sociais para bancos públicos com o objetivo de melhorar artificialmente as contas públicas. Caso a maioria dos senadores decida abrir o processo, Dilma será afastada imediatamente por até 180 dias, enquanto a Casa analisa se há provas para cassar seu mandato em definitivo. Renan Calheiros deseja realizar essa votação entre os dias 10 e 11 de maio. Outros senadores, no entanto, já tentam encurtar esse prazo para afastá-la antes.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA