Protestos contra o impeachment causam transtornos em SP

SÃO PAULO – Protestos em pelo menos quatro locais promovidos por movimentos sociais causaram vários transtornos no trânsito de São Paulo na manhã desta terça-feira. Contrários ao impeachment da presidente Dilma Rousseff, os manifestantes fecharam trechos da Avenida 23 de maio, da Marginal Pinheiros, da Marginal Tietê e a da Rodovia Hélio Schmidt, na direção do aeroporto de Guarulhos.

As manifestações começaram por volta das 6h e provocaram vários nós no trânsito de São Paulo. Aos poucos a polícia foi liberando as faixas. Manifestantes atearam fogo em pneus e chegaram a esvaziar os pneus de um ônibus que transitava em uma das pistas cujo trânsito foi interrompido.

Na Marginal Pinheiros, a pista expressa foi liberada por volta das 7h, mas seguiu interditada a pista central. O protesto na Marginal Tiête começou um pouco depois e continuava por volta das 7h30min.

ver mais notícias