Protesto contra Dilma supera Diretas Já em SP

São Paulo – Balanço preliminar do Instituto Datafolha revela que as manifestações contra o governo de Dilma Rousseff deste domingo (13) reuniu mais pessoas na Avenida Paulista, em São Paulo, do que as Diretas Já, em 1984.

Por volta das 16h, segundo cálculos do Instituto, cerca de 450 mil pessoas se aglomeravam na região. Já a manifestação pelas Diretas Já reuniu 400 mil pessoas. O número, contudo, deve aumentar – já que o protesto continua. 

Segundo a Polícia Militar,  1,4 milhão de pessoas estavam na região da avenida  Paulista por volta das 16h30 de hoje

Os dados de hoje superam também o recorde de público registrado no protestodo dia 15 de março do ano passado – quando cerca de 210 mil pessoas, segundo cálculos do Datafolha, se concentraram na avenida Paulista em protesto contra o governo. 

Os números do Datafolha, no entanto, tendem a ser mais modestos do que os divulgados pela Polícia Militar, que há um ano calculou 1 milhão de pessoas na região. 

 

 

ver mais notícias