Presidente interino da Câmara anula tramitação do processo de impeachment

BRASÍLIA – O presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA) anulou nesta segunda-feira o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. O pedido de anulação foi feito pela Advocacia-Geral da União (AGU).

Na quinta-feira, Maranhão foi levado pelo ministro da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, e pelo deputado Sílvio Costa (PTdoB-PE) para uma reunião com Dilma, no Palácio do Alvorada, segundo o blog do Noblat. Já na sexta, o presidente interino da Câmara conversou por telefone com o vice-presidente Michel Temer.

A notícia de que o processo de impeachment teria sido anulado pelo presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA) gerou euforia no Planalto, em cerimônia de anúncio de novas universidades.

Assessores do Planalto e do Ministério da Educação abraçam-se efusivos. O ministro do MEC, Aloizio Mercadante, foi interrompido em seu discurso pela plateia aos gritos. Ele pediu calma, mas riu.

– Uh, é Maranhão! – gritam os presentes, em alusão ao presidente interino da Câmara.

ver mais notícias