Polícia desocupa escola técnica em SP e alunos são levados à delegacia

SÃO PAULO – Cerca de 50 estudantes que ocupavam a Escola Técnica de São Paulo (Etesp), no centro, e duas delegacias regionais de ensino, nas zonas Norte e Oeste da cidade, foram levados para três delegacias na manhã desta sexta-feira após ação da Polícia Militar. As informações são do grupo de estudantes secundaristas.

A Polícia Militar confirmou apenas a desocupação da Etesp, uma das primeiras escolas a ser ocupada por estudantes que pedem melhorias na merenda. Segundo os estudantes, pelo menos 16 jovens que participavam da ocupação foram encaminhados ao 3º DP. Eles estavam no prédio desde o último dia 2 de maio. A PM não informou o motivo da detenção nem o número de de pessoas levadas à delegacia.

Os estudantes afirmaram que não receberam nenhum documento que pedia a reintegração de posse do local.

Na semana passada, a PM realizou a reintegração de posse do Centro Paula Souza, autarquia responsável por administrar as escolas técnicas do estado. Cerca de 30 alunos, que reivindicavam melhorias na merenda escolar e protestavam contra a “máfia da merenda”, foram retirados do local.

ver mais notícias