Planalto recebeu resultado da Câmara com indignação e tristeza, diz Cardozo

BRASÍLIA – O ministro da Advocacia-Geral da União, José Eduardo Cardozo, concedeu entrevista coletiva para comentar a derrota na sessão especial da Câmara que autorizou o impeachment da presidente Dilma Rousseff, que agora segue para o Senado. Cardozo afirmou que o Palácio do Planalto recebeu com “indignação e tristeza” o resultado.

— A decisão que a Câmara tomou hoje foi puramente política. E não é isso que nossa Constituição descreve para um processo de imepachment.

— A Constituição coloca o impeachment como uma situação excepcionalissima, que só pode ser colocada diante de fatos graves. Os dois fatos sobre os quais versam a denúncia do impeachment, ou seja, os seis decretos de 2015, e o atraso nos pagamentos do Banco do Brasil, nunca foram discutidos adequadamente.

ver mais notícias