Petista é condenado a pagar R$ 30 mil em danos morais a senador

Um suposto militante do PT foi condenado a pagar R$ 30 mil em danos morais ao senador Gladson Cameli (PP-AC) após publicar mensagem ofensiva à imagem do parlamentar nas redes sociais. De acordo com o Tribunal de Justiça (TJ-AC), uma das acusações feitas por Cesário Campelo era de que Cameli (foto) teria usado dinheiro proveniente de tráfico de drogas em sua campanha eleitoral.

 

A decisão da Justiça foi divulgada na última sexta-feira (24), de acordo com o G1. Segundo a assessoria de Cameli, as postagens foram feitas por Campelo há cerca de um ano e já foram apagadas. O homem também teria insinuado nas mensagens que o senador causou confusão num voo comercial por viajar embriagado.

O parlamentor citou “perseguição” ao comentar o conteúdo das mensagens. “Venho tendo a minha imagem denegrida há anos por um grupo de pessoas que ocupam cargos públicos no governo do PT. Isso já se configurou uma perseguição e uma campanha difamatória contra minha imagem e da minha família”, disse Cameli.

Justiça determinou a exclusão das postagens ofensivas, no prazo de duas horas, além da publicação de textos de retratação, também por meio do Facebook.

ver mais notícias