'Pela enésima vez, ninguém vai interferir na Lava-Jato', diz Temer

BRASÍLIA — O presidente interino Michel Temer disse nesta quarta-feira que “ninguém” interferirá nas investigações da Operação Lava-Jato, afirmando que declara isso pela “enésima vez”.

— Eu quero revelar pela enésima vez, pela enésima vez, que ninguém vai interferir na chamada Lava-Jato. A toda hora eu leio que querem derrubar a Lava-Jato — declarou, e completou: — Sem nenhum deboche em dizer pela enésima vez: não haverá a menor possibilidade de qualquer interferência do Executivo nesta matéria.

Pouco antes de garantir que o governo interino não barrará a Lava-Jato, Temer pediu aos quatro novos presidentes de Petrobras, Caixa, BB e Ipea, em posse no Planalto, que sejam “absolutamente intransigentes” com ilegalidades. Na última segunda-feira, o Ministério de Temer teve sua segunda baixa em poucos mais de duas semanas de governo. Ambos os casos – Romero Jucá no Planejamento e Fabiano Silveira na Transparência – se deram por gravações que sugerem frear a Lava-Jato.

ver mais notícias