CM7

     
 
 
Manaus, 19 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Brasil / Padilha espera que Jucá fique afastado ‘temporariamente’ do Planejamento

Padilha espera que Jucá fique afastado ‘temporariamente’ do Planejamento

Da redação por | 24/05/2016 12:20

BRASÍLIA – O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou nesta terça-feira que espera que o ex-ministro do Planejamento Romero Jucá retorne à pasta, e que o presidente interino Michel Temer busca o momento certo para decidir sobre a eventual volta de Jucá.

— A equipe (econômica) perde, espero que seja temporariamente, um de seus grandes pleitos. Mas ganha no Senado, aquele que tem se consagrado, e não trago nenhuma novidade, como relator-geral da República — disse Padilha, que ressaltou que a articulação do governo no Senado “ganha” com a volta de Jucá à Casa.

Eliseu Padilha declarou ainda que Jucá e Meirelles montavam uma equipe afinada e que recebeu elogios do mercado financeiro e da sociedade.

— Fazia o ministro Jucá com o ministro Meirelles uma dupla que, no linguajar próprio do Rio Grande do Sul, tocava de ouvido. Eles tinham perfeito entrosamento. Trabalhavam de mãos dadas, a quatro mãos.

Padilha enfatizou que o governo não busca nomes para substituir Jucá – que foi exonerado nesta terça-feira do Planejamento -, e elogiou Dyogo Oliveira, secretário-executivo que assumiu a função. O chefe da Casa Civil disse que Dyogo é um servidor público “de maior brilho”.

Ao ser perguntado se seria confortável que Dyogo comande o Planejamento, uma vez que ele foi citado nas investigações da operação Zelotes, Padilha afirmou que o ministro interino é um servidor de carreira excepcional e que não há nenhuma investigação aberta contra ele:

— Dyogo é um dos quadros mais expressivos daqueles que fazem carreira de servidor público. Tem uma trajetória que eu conheço. É um excepcional servidor público. Sobre a citação na Zelotes, é o seguinte. Quando alguém diz: “eu conheço um senhor Pedro, eu estive numa reunião que o senhor Pedro e o senhor Pedro não diz nada, essa citação é absolutamente irrelevante. Uma citação vale quando é envolvida num inquérito. No caso dele, foi uma citação do tipo passou um avião.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA