Mortadelão e pixulecos participam de protesto por impeachment

BRASÍLIA – Grupos a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff inflaram um “mortadelão” na frente do hotel de luxo onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se hospeda em Brasília. A peça faz alusão à mortadela, frio associado aos militantes de esquerda, e foi usada para dizer que Lula “compra” votos na véspera da votação do impeachment.

Dezenas de pessoas, vestidas de amarelo e com a camisa da seleção brasileira, se aglomeram na frente do hotel. Policiais militares monitoram o protesto. Também há pixulecos do ex-presidente e de Dilma.

O clima é de hostilidade, inclusive dentro do hotel. Grupos pró e contra Dilma se hostilizam em determinados momentos, discutindo entre eles.

Lula usa o hotel como quartel-general para negociar votos a favor de Dilma. Políticos entram e saem o tempo todo do local.

ver mais notícias