Ministro da Justiça confirma permanência de chefe da PF

BRASÍLIA — O ministro da Justiça Alexandre de Moraes reuniu-se nesta sexta-feira com o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, e o convidou a permanecer no cargo. Daiello aceitou. Na quinta, após a posse do presidente em exercício Michel Temer, Moraes elogiou a operação Lava-Jato, que tem a participação da PF e investiga esquemas de corrupção a partir de desvios na Petrobras.

— Temos não só que mantê-la, mas dar mais celeridade. É uma belíssima operação da PF, do ponto de vista estratégico. O ‘timing’ é certo, pois é feita com estratégia — disse o ministro na quinta-feira.

ver mais notícias