Membro do PCC proíbe presença de Mr. Catra em SP após vídeo relacionado à FDN

Após a polêmica do cantor de funk Mr. Catra ter exaltado a facção Família do Norte (FND) em vídeo, e mesmo que ele tenha se retratado recentemente pelo ocorrido, uma postagem no Facebook de um suposto membro do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção rival, afirma que ele está proibido de se apresentar em solo paulista, assim como de ser convidado por donos de casas de shows.

No texto, o membro do PCC faz referências à rebelião ocorrida em janeiro deste ano, no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em que houve um massacre motivado pela rivalidade entre as duas facções.

O Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) da Polícia Civil do Amazonas procura saber se de fato o cantor tem alguma ligação com a facção e está investigando o caso.

Leia, na íntegra, a postagem do membro do PCC:

COMUNICADO !!!
O PRIMEIRO COMANDO DA CAPITAL “P.C.C” informa q o cantor de funk conhecido como MR.CATRA está proibido de cantar em quais quer lugar q seja no estado de são Paulo tanto na capital como no interior e baixada até q preste totais explicações sobre se juntar reverenciar e homenagear facção rival ao P.C.C ,os malditos da FDN esses mesmos q mataram nossos irmãos de forma cruel e sem chance de defesa .
Fique ciente q qualquer irmão integrante da facção “PRIMEIRO COMANDO DA CAPITAL”q se deparar com esse indivíduo terá q segurar ele e leva-lo até a cúpula da organização.
Qualquer casa de show qualquer casa q faz eventos no estado de São Paulo capital interior ou baixada q vier a contratar ou mesmo levar o cantor por presença VIP o mesmo sera considerado traidor pela organização”PRIMEIRO COMANDO DA CAPITAL” e sofrerá conforme tem que ser feito .
PAZ ,JUSTIÇA,LIBERDADE E IGUALDADE a todos guerreiros.
PRIMEIRO COMANDO DA CAPITAL .

ver mais notícias