Lula vai tentar barrar envio das investigações a Moro

SÃO PAULO — O ex-presidente Lula vai recorrer da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, que mandou as investigações contra o líder petista para o juiz Sérgio Moro. Na segunda-feira, o ministro Teori Zavascky encaminhou a Moro todos os processos contra o ex-presidente. Os advogados do ex-presidente vão entrar com embargos nos próximos dias contra a decisão.

Na decisão da segunda-feira, Teori ainda anulou parte das escutas telefônicas que mostram Lula e a presidente afastada, Dilma Rousseff, conversando sobre o termo de sua posse. No áudio, Dilma diz que estava enviando por um emissário o termo de posse do ex-presidente como ministro da Casa Civil. Com a anulação, a conversa não poderá ser usado como prova judicial.

Ao todo, foram enviados para Curitiba três petições, três inquéritos e dez ações cautelares. Todos os processos estão sob sigilo. Entre os casos que foram enviados para Moro está o inquérito sobre o sítio de Atibaia e o tríplex do Guarujá, ambos em São Paulo.

ver mais notícias