Jovem de 12 anos que confessou ter matado adolescente em escola segue desaparecida


A adolescente de 12 anos que confessou ter matado uma estudante dentro da sala de aula, em Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre, ainda não foi encontrada pela polícia.

A internação da adolescente já foi decretada pela Justiça há quase 20 dais.

O delegado responsável pelo inquérito, Leonel Baldasso, afirma que os policiais já tentaram apreender a adolescente em duas ocasiões. A avó da menina disse que ela mudou de endereço, mas não soube dizer seu novo paradeiro, e mãe e familiares da jovem não foram encontrados. As buscas continuam.

Marta Avelhaneda Gonçalves, de 14 anos, foi morta por asfixia na escola estadual Luiz de Camões, após se envolver em uma briga no dia 8 de março.

ver mais notícias