CM7

     
 
 
Manaus, 17 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Brasil / Jovair Arantes diz que relatório não terá ‘surpresinha’

Jovair Arantes diz que relatório não terá ‘surpresinha’

Da redação | 05/04/2016 17:20

BRASÍLIA – O deputado Jovair Arantes (PTB-GO) afirmou nesta terça-feira que seu relatório do processo de impeachment não terá “surpresinha”. O relatório será apresentado amanhã às 14 horas, menos de 48 horas após a comissão receber a defesa de Dilma. A discussão começará na sexta-feira e a votação deve começar às 17 horas da próxima segunda-feira.

— Não podemos causar nenhuma surpresinha. Será tudo dentro do esperado — afirmou Jovair.

Ele reiterou que na parte expositiva do seu voto vai abordar questões como a corrupção na Petrobras e as pedaladas de 2014, mas disse não ter decidido se estes temas estarão no voto. Ressaltou que seu direito de abordar os temas não deve ser “tolhido”. O ministro José Eduardo Cardozo (AGU) afirmou que, caso a comissão avançasse para além das pedaladas de 2015 e os decretos suplementares de 2015, haveria nulidade no processo.

— Não podemos ter tolhido a liberdade de voz e de expressão que temos, além da imunidade parlamentar. Isso não permitiremos — disse o relator.

O presidente da comissão, Rogério Rosso (PSD-DF), fez uma reunião com os líderes partidários para fechar acordo de procedimento. Acertou-se de se iniciar a discussão do relatório após o encerramento da sessão do plenário na sexta-feira, que será iniciada pela manhã. A discussão não será feita no sábado e domingo, será retomada na manhã de segunda-feira e às 17 horas deste dia será iniciado o processo de votação. Rosso disse que ainda fará os cálculos para decidir se haverá necessidade de reduzir o tempo de 15 minutos para fala de cada deputado, previsto regimentalmente.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA