Homem que 'mora' no aeroporto de Cumbica diz que não agride mulheres


O alemão Stephan Brode está morando no Aeroporto Internacional de Guarulhos desde dezembro do ano passado e é suspeito de agredir mulheres.

Stephan Brode entrou legalmente no Brasil, mas o visto dele venceu na semana passada. Se ele não deixar o país, deverá ser deportado. Afirmou que não agride as mulheres que passam perto dele. “Eu não toco nas pessoas. Só faço isso no ar. Não bate, não sou boxeador”.

No entanto, vídeos do circuito interno de monitoramento do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, mostram um turista alemão agredindo mulheres.

As imagens mostram uma mulher sentada quando, de repente, o alemão se aproxima e a agride com violência. Em seguida, ele se senta como se nada tivesse acontecido. Sem entender o que está acontecendo, a passageira vai embora.

O turista já foi notificado a deixar o país e o prazo vence nesta quinta-feira (23).

O caso foi informado ao Consulado Alemão. O órgão disse que está oferecendo o apoio consular possível e cooperando com as autoridades brasileiras.

ver mais notícias