Homem mata ex-namorada e depois atira contra a própria cabeça

naom_580e781fcadd8Flávia Gomes, de 26 anos, foi assassinada a tiros pelo ex-namorado, na noite de domingo (23), após deixar um culto evangélico, na cidade de São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas Gerais. Depois de atirar na vítima, o acusado, que não teve o nome divulgado, disparou contra a própria cabeça.

Os dois foram socorridos, mas Flávia não resistiu aos ferimentos no tórax e no pescoço. Já o ex está internado e seu estado de saúde é considerado gravíssimo.

Segundo informações de testemunhas, o acusado não se conformava com o fim do relacionamento e vinha ameaçando a vítima. Temendo que o pior acontecesse com a filha, o pai de Flávia, inclusive, estava indo buscá-la no trabalho, todos os dias.

No domingo, ela saiu da igreja com amigas e, no momento em que se separou delas para pegar um mototáxi, na avenida Doutor Delfim Moreira, foi abordada pelo ex-namorado. Algumas testemunhas contaram que houve uma breve discussão entre eles e, logo em seguida, o acusado atirou. As informações são de O Tempo.

Eles namoraram por dois anos e estavam separados há um. Antes de sair para cometer o crime, o acusado escreveu uma carta em que dizia que “não aguentava mais a dor do amor”.

ver mais notícias