Grupo protesta contra governo e oposição em 12 capitais

SÃO PAULO – Manifestantes se reúnem em doze capitais para protestar contra políticos tanto do governo como da oposição. O ato é organizado pelo Espaço de Unidade de Ação, que inclui movimentos sociais, como a central sindical CSP-Conlutas, e o PSTU.

O protesto tem como bandeira o “Fora Todos”: são alvos tanto o governo Dilma e o vice-presidente, Michel Temer, como os presidentes da Câmara e do Senado, Eduardo Cunha e Renan Calheiros, além do senador Aécio Neves. Segundo os organizadores, nenhum dos atos anteriores representava os interesses da classe trabalhadora.

“Hoje, 1º de abril, é dia de por o bloco dos trabalhadores e do povo pobre da periferia nas ruas”, diz o site do PSTU, que convoca a construção de uma alternativa de representação “independente do governo do PT, da velha direita PSDB-PMDB” e do patronato brasileiro.

Em São Paulo, o grupo chegou a fechar os dois sentidos da Avenida Paulista — mas já liberaram, segundo a Globonews, a via sentido Consolação.

No Rio, os manifestantes se concentraram em frente à Assembleia Legislativa. Eles também pedem “fora todos”, inclusive do governador Luiz Fernando Pezão. Eles seguiram Avenida Graça Aranha até a Cinelândia.

Também houve protestos menores em mais dez capitais: Belém, Natal, Fortaleza, Aracaju, Macapá, Porto Alegre, Teresina, Curitiba, Belo Horizonte e Recife.

ver mais notícias