Em ‘clima de vitória’, Temer janta com mais de 80 deputados

BRASÍLIA – Recepcionado pelo deputado Heráclito Fortes (PSB-PI), o vice-presidente Michel Temer jantou nesta quinta-feira com um grupo de mais de 80 deputados favoráveis ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. Por cerca e duas horas, entre taças de vinho, uísque, pratos de risoto e massa, Temer foi aclamado pelos parlamentares como virtual presidente da República. Apesar de algumas ponderações de que a votação ainda não aconteceu e que o resultado só sairá na noite de domingo, o clima era e vitória.

Um dos deputados presentes, que pediu reserva ao GLOBO, contou que chegaram a sugerir carregar Temer nos braços, mas foram contidos para evitar exposição desnecessária da figura do vice.

– Foi um beija mão. Era importante Temer ter este contato com os deputados – relatou um parlamentar.

Nas rodas de conversa, cada parlamentar fazia seu placar e projetava a sessão de domingo. Na avaliação de presentes, a lista de indefinidos engordará ainda mais os favoráveis ao afastamento de Dilma. Temer chegou pelas 22h, jantou, circulou, conversou com todos os presentes e deixou a casa de Heráclito por volta da meia-noite.

– Foi um jantar de confraternização e de análise da conjuntura. Estamos com os pés no chão, mas o cenário que está formado se mostra irreversível. Claro que tudo pode acontecer – disse um parlamentar tucano que esteve no jantar.

O anfitrião teve a ideia do jantar para que Temer ficasse em Brasília mais um dia. Ele viajaria nesta quinta para São Paulo para acompanhar de lá a votação. No entanto, embarcará só no fim da tarde desta sexta-feira.

– Heráclito lembrou a Temer que Tancredo só viajou de Brasília para Minas Gerais, na época do colégio eleitoral, na véspera – contou outro deputado.

ver mais notícias