Doleiro ligado a Cunha e grupo JBS-Friboi são alvos de nova fase da Lava-Jato

SÃO PAULO E BRASÍLIA. A Polícia Federal deflagrou uma nova operação na manhã desta sexta-feira. Um dos alvos é o doleiro Lucio Bolonha Funaro, ligado ao presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Os agentes da PF devem cumprir mandados de busca e apreensão em empresas do grupo JBS-Friboi. A operação faz parte de investigações abertas após delação premiada do ex-vice-presidente da Caixa Econômica Fábio Cleto, que havia sido indicado para o cargo por Cunha.

Pernambuco

A Polícia Federal tenta cumprir mandados de busca e prisão de investigados da Operação Lava-Jato em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

ver mais notícias