Dilma vai visitar obras de acelerador partículas em Campinas, inscritas no PAC

SÃO PAULO – A presidente afastada Dilma Rousseff vai a Campinas nesta quinta-feira pela manhã para visitar as obras do Sirius, um acelerador de alta fonte de energia, no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). O projeto está inscrito no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com investimento de R$ 1,5 bilhão, e deve ter entrar em fase de testes em 2018. Após a visita, ela participará de um encontro com intelectuais na casa do engenheiro eletrônico Rogério Cerqueira Leite. Ela deve viajar de Brasília para a cidade paulista num voo fretado pelo PT.

– Temos um almoço às 12h30. Antes disso, ela vai visitar as obras do Sirius, um dos mais avançados síncrotons (nova fonte de luz) do mundo – explicou Cerqueira Leite.

O novo acelerador de partículas brasileiro está sendo construído pelo Laboratório Nacional de Luz Sincrotron (LNLS), cuja pedra fundamental foi lançada em dezembro de 2014. Em maio de 2015, ele foi contemplado pelo PAC, graças à intervenção de Aldo Rebelo, então ministro da Ciência e Tecnologia.

O projeto Sirius terá em seu núcleo um acelerador de elétrons de última geração, e deverá abrir novas perspectivas de pesquisa em áreas como ciência dos materiais, nanotecnologia, biotecnologia, física, ciências ambientais e outras.

ver mais notícias