Dilma cancela ida à cerimônia em que assinaria decretos para índios

BRASÍLIA – A presidente Dilma Rousseff cancelou presença em ato em que assinaria decretos de política indigenista, que passou do Palácio do Planalto para o Ministério da Justiça, local prévio do evento. O Planalto comunicou a ausência de Dilma e a troca de local somente dez minutos antes do começo da cerimônia.

A agenda oficial da presidente foi alterada: só está registrado o evento do Mais Médicos, que aconteceu na manhã desta sexta. Dilma não terá compromissos oficiais pela tarde.

Durante a cerimônia de prorrogação do programa por mais três anos, a presidente chamou de “ridícula” a acusação que recebe no processo de impeachment. Dilma também criticou as medidas anunciadas pelo vice-presidente Michel Temer, caso ele venha a assumir o governo, alertando para um “grande retrocesso” em um ajuste fiscal que cortaria direitos.

Pouco depois de cancelar sua ida ao evento com índios, a presidente foi para o Palácio do Alvorada.

ver mais notícias