Dilma abre crédito de R$ 180 milhões para propaganda e obras das Olimpíadas

BRASÍLIA – A menos de duas semanas da votação que pode afastá-la do cargo, a presidente Dilma Rousseff editou Medida Provisória nesta sexta-feira abrindo crédito extraordinário de R$ 180 milhões para propaganda e implantação de infraestrutura para as Olimpíadas e Paraolimpíadas do Rio. Deste valor, R$ 100 milhões vão para a Presidência da República, responsável pela publicidade do governo, dos quais R$ 85 milhões serão destinados à comunicação institucional e R$ 15 milhões para publicidade de utilidade pública. Não há mais detalhamento sobre os gastos.

Os outros R$ 80 milhões seguem para o Ministério do Esporte para obras destinadas aos Jogos Olímpicos, que serão abertos em menos de 100 dias.

ver mais notícias