Data do Enem adiado vai coincidir com vestibulares pelo país

O adiamento da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para cerca de 191 mil participantes vai coincidir, em diversos estados, com a data de vestibulares e processos seletivos que já estavam agendados para 3 e 4 de dezembro.ministerio-da-educacao-abre-consulta-para-sugestoes-sobre-enem
Levantamento do G1 aponta que haverá conflito de datas em ao menos nove estados e no Distrito Federal (veja detalhes abaixo). Questionado na Justiça, o adiamento é consequência da ocupações de escolas em protestos contra reforma do ensino médio e a PEC do teto dos gastos públicos.
O Mistério da Educação (MEC) vai divulgar na sexta-feira (4) uma lista atualizada das escolas ocupadas onde o Enem será adiado. Nenhuma escola que já foi apontada na lista será excluída, mesmo que já tenha sido desocupada, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).
Veja abaixo estados onde há conflito de datas:
AmapáO Instituto Federal do Amapá (Ifap) tem vestibular marcado para a mesma data. As provas serão mantidas no mesmo dia e horário em função de o Amapá não ter nenhuma escola ocupada e nenhuma prova do Enem remarcada.
Bahia
O vestibular da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) já estava marcado para 3 e 4 de dezembro. De acordo com comunicado oficial divulgado pela universidade, ainda são avaliadas quais serão as medidas adotadas para solucionar a questão.
No Vestibular 2017, a instituição oferece 1.186 vagas. São 727 oportunidades para o primeiro período letivo e 459 para o segundo período. O exame é constituído de questões objetivas e redação.
Distrito Federal
Em Brasília, a data é a mesma do Programa de Avaliação Seriada (PAS), que dá acesso à Universidade de Brasília. Estudantes da 1ª etapa do PAS têm prova em 4 de dezembro. Estudantes da 2ª etapa do PAS têm prova em 3 de dezembro.
Minas Gerais
O Instituto Federal do Sul de Minas (IF Sul de Minas) terá processo seletivo nesta mesma data (4 de dezembro). Segundo o coordenador do setor de vestibular e concurso da instituição, Guilherme Camilo, a prova não deve ser cancelada. Ela começa às 8h15 do dia 4 e termina às 12h15. Os campi onde o vestibular será aplicado são em Carmo de Minas, Cássia, Inconfidentes, Machado, Muzambinho, Ouro Fino, Passos, Poços de Caldas, Pouso Alegre e Três Corações.
Pará
A Universidade do Estado do Pará (UEPA) irá avaliar a possibilidade de mudar a data da última etapa do Processo Seletivo Seriado (Prise) da instituição. Mais de 5 mil candidatos estão inscritos. O Prise é um forma antiga de ingresso na instituição, utilizada antes da UEPA adotar o Enem, e que será descontinuada em 2017.
Paraná
A segunda fase da Universidade Estadual de Londrina (UEL), no norte do Paraná, prevista para os dias 4, 5 e 6 de dezembro, está mantida por enquanto. De acordo com a Coordenadora de Processos Seletivos (Cops) Cristiane Medina, a instituição só tomará uma decisão sobre a possibilidade de adiamento da segunda etapa do vestibular de verão 2017 após a decisão judicial da Justiça Federal sobre a suspensão do Enem.
“Nós precisamos dessa posição judicial para podermos pensar se vamos adiar as provas ou não. Por enquanto, o calendário do vestibular não será alterado”, pontua a coordenadora.
Segundo a UEL, para a segunda fase do vestibular são esperados em torno de 8.500 candidatos. Além disso, 600 vagas disponibilizadas serão preenchidas pelo Sistema Único de Seleção Unificada (Sisu), sendo a seleção feita exclusivamente pelo Enem.
Pernambuco
No Recife, a Universidade de Pernambuco (UPE) realizará nos dias 4 e 5 de dezembro o Vestibular Seriado 1º Etapa , o SSA 1. Esse teste é para alunos que estão no primeiro ano do Ensino Médio. Eles fazem provas no 1º, 2º e 3º anos e acumulam nota para entrar na universidade. As provas serão domingo e segunda-feira. O Enem ocorrerá no sábado (3) e no domingo (4).
Por causa desse choque de datas, a UPE informou que ainda vai se reunir (sem data marcada) para definir se vai realizar alguma mudança. Estão cadastrados para o SSA 1, ao todo, 19.382 alunos.
Rio Grande do Sul
Em Porto Alegre, o adiamento coincide com a data do vestibular da da PUCRS e a ESPM Sul. A PUCRS ainda avalia uma eventual mudança na data do vestibular, enquanto a ESPM diz que irá manter o calendário.
A Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí) tem vestibular previsto para o dia 4 de dezembro. A universidade informou que deve avaliar com o setor jurídico a possibilidade de alteração de data.
O Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) também tem etapa marcada para 4 de dezembro. A assessoria de comunicação afirmou que, por enquanto, não deve haver uma modificação na data da prova, mas aguarda uma orientação do MEC.
A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) não tem mais concurso vestibular, apenas processo seletivo. As provas para ingresso em cursos técnicos subsequentes do Colégio Politécnico da UFSM e Colégio Técnico Industrial de Santa Maria estão agendadas para 4 de dezembro. Porém, segundo a Comissão Permanente do Vestibular (Coperves), que organiza o processo seletivo, a data dos exames está mantida,e, por ora, não tem previsão de alterá-la.
Roraima
Em Roraima, a prova da Universidade Estadual (UERR) será no dia 4 de dezembro.
Tocantins
As provas do IFTO para os cursos técnicos e superiores serão aplicadas em 4 de dezembro, mesmo dia em que alunos farão a prova do Enem nos campus da UFT nas cidades de Araguaína e Porto Nacional. A Pró-Reitoria do IFTO reconhece o conflito, mas disse que ainda vai conversar sobre o assunto antes de tomar qualquer decisão.

ver mais notícias