CM7

     
 
 
Manaus, 19 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Brasil / Cunha diz que ‘estranha e contesta’ decisão do STF e avisa que vai recorrer

Cunha diz que ‘estranha e contesta’ decisão do STF e avisa que vai recorrer

Da redação | 05/05/2016 19:10

BRASÍLIA — Afastado da Câmara nesta quinta-feira, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) afirmou que “estranha e contesta” a decisão do Supremo Tribunal Federal. Nesta quinta-feira, os ministros do STF decidiram, em votação unânime (11 a 0), suspender o mandato do deputado, o que acarreta o seu afastamento da presidência da Câmara.

— A gente respeita a Suprema Corte do país. Obviamente a decisão tem que ser cumprida. Porém, não posso deixar de estranhar e contestar. Obviamente, vou recorrer — disse Cunha.

Cunha voltou a reclamar do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, autor de seu pedido de afastamento, em dezembro de 2015:

— Estranhamento essa ação cautelar está sendo votada depois que o impeachment foi votado — disse Cunha. — Os 11 fatos que são elencados são absolutamente contestáveis e o mérito não foi devidamente debatido com todo o respeito ao contraditório

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA