Corpo que ia do Rio a Santarém é 'extraviado' por empresa aérea

O corpo de uma mulher que morreu no Rio de Janeiro e era transportado para Santarém, no Pará, onde será velado, foi “extraviado” pela companhia aérea Latam, nesta segunda-feira (10).
Segundo os familiares Iara Otero Ferreira, de 60 anos, a princípio, a empresa que fazia o transporte disse que não sabia o que tinha acontecido com o corpo. Depois, informou ele ele tinha ido parar na Paraíba e que será transportado para Santarém nas próximas horas.

O marido de Iara, o militar Juarez Ferreira, disse que o corpo da esposa saiu do Rio por volta das 16h e deveria chegar a Santarém às 2h50, depois de fazer uma escala em João Pessoa e outra em Brasília. Para ele, houve negligência por parte da companhia. “Os representantes daqui de Santarém não sabem nada, não sabiam informar onde o corpo estava. Agora a pouco fui informado que o corpo está na Paraíba”, afirmou.

Iara estava no Rio em tratamento médico, onde passou por cirurgia para retirada de pedras nos rins, mas não resistiu e morreu na última sexta-feira (7).

A família está em estado de choque, segundo Juarez. O militar contou que pretende acionar a Justiça para que os responsáveis sejam penalizados. “Sem palavras. Dá vontade de sair gritando e reclamando. Nossas filhas estão em estado de choque”, desabafou.

A companhia aérea Latam Airlines Brasil informou que está apurando o caso.

Fonte- Notícias ao Minuto

ver mais notícias