Confusão em Brasília: Índios fecham Esplanada em ato por demarcação de terra


Brasília/Df-A Polícia Militar (PM) utilizou bombas de efeito moral, balas de borracha e spray de pimenta contra indígenas de várias etnias que estão acampados em Brasília, na tarde desta terça-feira (25), após eles tentarem fechar a Esplanada dos Ministérios.
O grupo está reunido na capital federal para a 14ª edição do Acampamento Terra Livre (ATL), cujo objetivo é pedir mais respeito à natureza e à demarcação de terras. Segundo a PM, cerca de 2 mil pessoas participam do ato, já os organizadores estimam 3 mil.

Os indígenas chegaram a invadir o espelho d’água em frente à sede do Legislativo e foram impedidos pelos policiais. Em resposta, chegaram a atirar flechas contra os militares e em direção ao Congresso. Mulheres que participavam do ato tentaram formar um cordão humano em torno do gramado central da Esplanada, mas também foram dissipadas.

Caixões usados pelos manifestantes para simbolizar a morte de indígenas foram atirados no espelho d’água.

ver mais notícias