Blitz flagra esmaltes e xampus vencidos em salões de beleza de luxo

São Paulo-As irregularidades foram identificadas pela Operação Vênus

Uma blitz do Procon em salões de cabeleireiro em São Paulo encontrou muitos produtos com validade vencida sendo usado normalmente pelos estabelecimentos. Nos 33 salões de beleza fiscalizados foram encontrados muitas irregularidades, inclusive em locais que cobram mais de R$ 400 pelo corte de cabelo.

A falta de informação do preço do serviço foi o principal problema (80%), seguido de perto pelo uso de produtos vencidos ou sem o prazo de validade (76%). As informações são do Bom Dia Brasil.

Esmaltes, cremes, xampus, sprays, dentre outros produtos que já deveriam ter ido para o lixo estavam sendo usados nas clientes. Um dos salões tinha esmalte vencido. O gerente disse que as manicures é que trazem de casa o próprio produto, mas para o Procon, o salão também é responsável pelo que elas usam nos clientes.

Além de não fazer mais o efeito desejado usar produto vencido pode provocar alergia e irritação na pele segundo os dermatologistas. A data de vencimento é uma referência da qualidade do produto. Por isso é preciso prestar sempre atenção ao prazo de validade de tudo que a gente usa no salão e em casa.

ver mais notícias