Após ser afastada do cargo, Dilma vai para Porto Alegre

BRASÍLIA – A presidente afastada Dilma Rousseff pretende ir para Porto Alegre, nesta sexta-feira, descansar por cerca de quatro ou cinco dias, segundo auxiliares. Na volta, ela deve montar uma agenda de eventos e viagens para defender seu governo, enquanto o processo de impeachment tramita no Senado.

Dilma almoçou no Palácio da Alvorada com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ministros. Lula voltou para São Paulo por volta das 16h30.

Estiveram com ela no almoço Jaques Wagner (ex-chefe de gabinete) e sua esposa, Ricardo Berzoini (ex-ministro da Secretaria de Governo), Aloizio Mercadante (ex-ministro da Educação), Nilma Lino Gomes (ex-ministra das Mulheres). O presidente do PT, Rui Falcão, também estava presente.

Depois do almoço, Dilma reuniu assessores da equipe que a acompanhará no período em que estiver afastada. Dilma usará seu perfil nas redes sociais e terá um site para divulgar sua agenda e atos que fará para disseminar o discurso de que o impeachment é um golpe.

ver mais notícias