Após recuo de anulação de impeachment, Maranhão entra na Câmara pela chapelaria

BRASÍLIA — O presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), que ontem deu e depois, com a repercussão negativa, revogou decisão de anular a votação da admissibilidade do impeachment na Casa, chegou na Câmara às 9h30 desta terça-feira sem dar qualquer declaração sobre sua atitude. Maranhão só abriu a boca para avisar a imprensa que não daria declarações. Ele entrou pela chapelaria da Casa, usou o elevador privativo de deputados para acessar o Salão Verde, e em vez de se dirigir ao gabinete da Presidência da Câmara, encaminhou-se para o gabinete da Vice-Presidência.

ver mais notícias