CM7

 
Manaus, 24 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Brasil / Após aprovação de relatório, Cunha afirma que vai recorrer à CCJ

Após aprovação de relatório, Cunha afirma que vai recorrer à CCJ

Da redação | 14/06/2016 19:30

BRASÍLIA — O presidente da Câmara dos Deputados afastado, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse, por meio de nota, que vai recorrer à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da decisão do Conselho de Ética desta terça-feira. O colegiado aprovou o relatório que pede sua cassação por quebra de decoro parlamentar. O parecer será encaminhado ao plenário da Casa.

Em nota, Cunha disse que “finalmente” o processo foi submetido à votação. Ele reclamou de “parcialidade” em sua condução, disse que teve “nulidades gritantes” e voltou a criticar o relator, Marcos Rogério (DEM-RO). Por fim, o deputado afastado reafirmou que é inocente da acusação de mentir à CPI.

“O processo foi todo conduzido com parcialidade, com nulidades gritantes, incluindo o próprio relator, que não poderia ter proferido parecer após ter se filiado a partido integrante do bloco do meu partido. Essas nulidades serão todas objeto de recurso com efeito suspensivo à CCJ, onde, tenho absoluta confiança, esse parecer não será levado adiante”, escreveu Cunha.

LEIA A ÍNTEGRA DA NOTA

“Com relação à aprovação do parecer do Conselho de Ética, tenho a declarar:

1 – Após inúmeras manobras de adiamento, o Presidente do Conselho de Ética finalmente submeteu o processo à votação;

2 – O processo foi todo conduzido com parcialidade, com nulidades gritantes, incluindo o próprio relator, que não poderia ter proferido parecer após ter se filiado a partido integrante do bloco do meu partido. Essas nulidades serão todas objeto de recurso com efeito suspensivo à CCJ, onde, tenho absoluta confiança, esse parecer não será levado adiante.

3 – Também confio que, em plenário, terei oportunidade de me defender e de reverter essa decisão.

Repito: sou inocente da acusação, a mim imputada pelo parecer do Conselho de Ética, de mentir a uma CPI.

Eduardo Cunha”

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA