Ao vivo: Jucá comenta gravações sobre Lava-Jato

BRASÍLIA – O ministro do Planejamento fala à imprensa nesta segunda-feira sobre as gravações divulgadas pela Folha de S. Paulo. Semanas antes da votação do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff na Câmara, em março, o atual ministro do Planejamento, Romero Jucá (PMDB-RR), sugeriu em conversas com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado que uma “mudança” no governo resultaria em um pacto para “estancar a sangria” atribuída à Operação Lava-Jato. Em entrevista à “Rádio CBN” na manhã desta segunda-feira, após a divulgação do conteúdo das conversas pelo jornal “Folha de S. Paulo”, Jucá disse que não tem intenções de se demitir.

ver mais notícias