Advogado paga almoço a Cardozo em nome de ‘Thomás Turbando’

BRASÍLIA — A pegadinha preparada por auxiliares na lista de juristas lida pelo advogado de defesa da presidente afastada Dilma Rousseff, José Eduardo Cardozo, continua lhe rendendo piadas e chacota. Ao ler a lista de juristas que o auxiliam na Comissão de impeachment do Senado, Cardozo, leu no automático o nome do doutor “Thomás Turbando Bustamante”, cacófato de duplo sentido que virou imediatamente piada e gerou memes nas redes sociais. Hoje, ao ver Cardozo e seu antecessor na Advocacia Geral da União, Luis Inácio Adams, almoçando na mesa ao lado no Restaurante Oliver, em Brasília, o advogado Eduardo Moreth Loquez não quis perder a chance de novamente fazer piada com o caso.

Pagou a conta do almoço da dupla de ex-ministros e mandou um bilhete na própria conta: “Uma cortesia do ilustre jurista Thomás Turbando”. Em seguida, propagou o feito, publicando em sua pagina do Facebook a foto de Cardozo e Adams, e a cópia da conta paga com o bilhete enviado.

“Adams e Cardozo almoçando na mesa ao lado em um restaurante em Brasília. Como uma gentileza democrática resolvi pedir para o maitre a conta deles, pagar e assinar: “Uma cortesia do ilustre jurista Thomás Turbando”.

No cardápio do almoço dos juristas, linguiça com mostarda Dijon e bife de chorizo. A publicação no Facebook gerou muitas risadas de internautas.

O motivo da piada é que durante uma das sessões da Comissão do impeachment, transmitida ao vivo pela TV Senado, Cardozo trocou o nome do jurista mineiro Thomas da Rosa Bustamante, por “Thomás Turbando Bustamante”. Depois admitiu que a troca no texto foi uma “pegadinha” de um dos seus auxiliares.

O ex-ministro José Eduardo Cardozo entrou na brincadeira e disse que gostou do protesto do advogado:

— Sem dúvida, gostei desta forma de protesto. Disse que aceito outros protestos iguais quando for a um restaurante. Só peço que me avisem pra poder pedir um vinho mais caro.

ver mais notícias