Aécio rebate citação de seu nome em delação de Delcídio

BRASÍLIA – O senador Aécio Neves (PSDB-MG) divulgou na manhã desta quarta-feira, nas redes sociais, um vídeo no qual rebate a citação de seu nome na delação do senador Delcídio Amaral (PT-MS). O GLOBO revelou nesta quarta-feira que o petista citou em sua delação ao menos cinco senadores, entre eles o senador tucano.

No vídeo, o presidente do PSDB lembrou de outros processos contra ele que foram arquivados durante a Operação Lava-Jato, e aproveitou para criticar o PT e os partidos da base aliada ao governo.

— Nós estamos assistindo hoje, mais uma vez, a tentativa de associar a oposição, e, claro, sempre meu nome, à Operação Lava-Jato. Outras tentativas, vocês lembram, já ocorreram e foram arquivadas, porque foram desmascaradas, porque eram falsas. Este escândalo tem DNA, e é do PT e de seus aliados — criticou.

Aécio também manifestou apoio à Lava-Jato, e afirmou que o depoimento de Delcídio o incentiva a intensificar sua postura de oposição ao governo Dilma.

— Por isso, nós temos que apoiar, e apoiar em profundidade, a Operação Lava-Jato, para que todas as operações ocorram, e aí nós separemos o joio do trigo. Nada disso me intimida, pelo contrário, aumenta minha determinação de continuar combatendo este governo, que tanto infelicita o Brasil.

No encerramento do vídeo que tem duração de menos de 1 minuto, o senador convocou a população a participar das manifestações contra o governo que ocorrerão neste domingo, 13 de março.

— Vamos dar nossas respostas nas ruas do Brasil inteiro, no próximo dia 13, dizendo chega, basta de tanto desgoverno, de tanta irresponsabilidade — concluiu.

ver mais notícias