CM7

     
 
 
Manaus, 18 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Brasil / Aécio chama de ‘falsas e covardes’ declarações de Sérgio Machado

Aécio chama de ‘falsas e covardes’ declarações de Sérgio Machado

Da redação | 15/06/2016 17:30

BRASÍLIA – O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), chamou de “falsas e covardes” as declarações de Sérgio Machado nas gravações agora liberadas na íntegra. Em nota, Aécio diz que o ex-tucano Sérgio Machado “não hesita em mentir e caluniar no afã de apagar seus crimes e conquistar benefícios de uma delação premiada”.

Aécio disse ainda que, em 1998, sua candidato à Presidência da Câmara sequer era cogitada. Segundo Machado, ele, Aécio e o então presidente do PSDB, Teotônio Vilela Filho, acertaram arrecadar recursos para ajudar cerca de 50 candidatos a deputados a se eleger, reforçando apoio à uma eleição de Aécio para o comando da Câmara. O delator disse que teriam sido coletados cerca de R$ 7 milhões.

Leia a nota na íntegra:

“São acusações falsas e covardes de quem, no afã de apagar seus crimes e conquistar os benefícios de uma delação premiada, não hesita em mentir e caluniar. Qualquer pessoa que acompanha a cena política brasileira sabe que, em 1998, sequer se cogitava a minha candidatura à presidência da Câmara dos Deputados, o que só ocorreu muito depois.

Essa eleição foi amplamente acompanhada pela imprensa e se deu exclusivamente a partir de um entendimento político no qual o PSDB apoiaria o candidato do PMDB à presidência do Senado e o PMDB apoiaria o candidato do PSDB à presidência da Câmara dos Deputados. A afirmação feita não possui sequer sustentação nos fatos políticos ocorridos à época”.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA